Destination wedding Marrakesh

Roteiro:

Marrakesh

Destination wedding são sempre incríveis… nós adoramos compartilhar aqui com vocês todos os que temos acesso.

Tivemos o prazer de conversar com a noiva Camila Castanho que teve um casamento incrível em Marrakech.

Confira abaixo nosso bate papo.

Qual o motivo da escolha de Marrakech para o seu destination wedding?

Meu noivo tem descendência árabe por parte de mãe e pai e nós adoramos a cultura árabe: a comida, a música, etc. Sempre soube que queria um casamento completamente diferente de tudo que já tinha visto. Queria reunir poucos (e bons) amigos em um lugar incrível, que todos fossem lembrar pra sempre com muito carinho do nosso casamento. Pra mim, o casamento além de ser uma festa incrível, é um momento especial de celebração e queria dividir aquilo tudo com pessoas muito especiais, em um lugar muito especial. Comecei a pesquisar e pensar nos locais que já tínhamos ido e/ou gostaríamos de ir, que tivessem cultura árabe e que não fosse tão difíceis de chegar, para minimizar o transtorno para os convidados que iriam até lá para estar conosco. Um dia, conversando com meu pai, ele sugeriu o Marrocos, porque além de ser um país incrível, tem voo direto do Brasil. E assim, rapidamente rs, escolhemos o destino do nosso casamento. Foram 3 dias de festas em Marrakesh e, o melhor presente foi ouvir de literalmente todos os convidados que nunca tinham imaginado viver o que viveram naqueles dias, e que ficaria pra sempre guardado na memória de todos. Foi realmente inesquecível!

Como foi a organização de um casamento fora do Brasil?

Rs! Nem sei por onde começar. Sou bastante perfeccionista e com mania de organização, até diria, um leve TOC!

Então, desde sempre, soube que queria eu mesma organizar meu casamento. Sou um pouco contra assessoria de casamento, porque sei como o mercado funciona e queria otimizar meu budget, além de fazer algo totalmente diferente de tudo que já tinha visto, sem gastos exorbitantes. Sendo assim, decidi que seria em Marrakesh e, na semana seguinte, embarquei pra la, para conhecer o Amanjena – hotel da rede Aman que havia inaugurado há poucos anos e prometia trazer elementos locais da cultura marroquina, porém com um approach mais clean e moderno que um La Mamounia, por exemplo, que é super tradicional e zero minha cara! Meu noivo não participou de nada – quando digo nada, é nada mesmo! Uma semana antes ele não tinha definido nem a roupa dos padrinhos, nem comprado gravata… daí, tive que assumir tudo mesmo! Sendo assim, chegando no Amanjena, conheci a events manager da rede Aman (que havia organizado nada mais nada menos que as festas de 40 anos do David Beckham e aniversário da Kate Perry lá) e adorei os fornecedores e festas que ela me mostrou. Na hora, já decidi fechar o local e fiz o buy out do hotel pra garantir que seriam somente os meus convidados naquela data. Aproveitei e realizei a  prova de flores dos jantares (sim, sou rápida, rs!), porque tinha todas as referências do que queria muito bem definidas e pedi que eles executassem com perfeição, já que sou muito chata. Senti firmeza que ela poderia ser um bom ponto de apoio para me indicar alguns fornecedores, para que eu pudesse negociar e fechar tudo a distância. Não preciso dizer que, três meses depois da visita, ela se demitiu e voltou pra Montenegro, seu país de origem. Fiquei desesperada e cogitei voltar pra Marrakech, pois ela já estava super a par de tudo que eu estava fechando e organizando… No fim, tudo deu certo e o Aman acabou levando-na de volta só para nosso casamento e foi muito bom tê-la la para me ajudar em algumas coisas – por exemplo, tinhamos diversas venues diferentes e ela conseguiu coordenar os funcionários do hotel pra direcionaram os convidados no fluxo correto.

Indico de olhos fechados casar fora do Brasil e não contratar assessoria (de novo, se você é louca perfeccionista que nem eu e não quer gastar valores exorbitantes e, no meu caso, desnecessários) – e não pense você que eu tinha muito tempo pra me dedicar ao casamento.. Trabalho na minha agência, a Hype 011, pelo menos 12 horas por dia e, muitas vezes, não tenho fim de semana rs… workhaolic mesmo! Ou seja, os calls, além da time zone difference, tinham que ser rápidos e eficazes. Tive que me organizar bem pra não esquecer nada e conseguir tudo que queria pra realizar o casamento que tinha idealizado.

O site de casamento do casar.com foi um importante canal de comunicação entre os noivos e convidados?

Com certeza! Fiz todo o site super rápido, achei o serviço prático! Consegui personalizar o que queria e ficou bem com a identidade visual que havia idealizado com a minha irmã – sim, nós pintamos desde a aquarela do save the date, até o programa que ficava no quarto dos convidados.

Como nós casamos em São Paulo e, depois no Marrocos, optamos por fazer dois sites diferentes. O site para o casamento em São Paulo era mais simples e o de Marrakech mais elaborado, incluindo desde mapas da cidade, até a programação. Após o casamento, colocamos as fotos e o teaser no site para que os convidados pudessem acompanhar tudo e foi muito bacana!

Além disso, os presentes também são uma feature muito boa e fácil de ser usada e controlada.

O site além de informar sobre o casamento tem a intenção de emocionar e envolver os convidados, como vc conseguiu passar essa energia através do site?

Confesso que me dediquei bastante ao site e, como trabalho com isso, já tinha uma idéia de como envolver os convidados. Usamos fotos bem emocionantes do nosso noivado e, a comunicação que desenvolvi com minha irmã, que tinha super a cara do Marrocos! Uma linguagem direta e próxima também ajuda a envolver os leitores/convidados e ilustrar tudo isso é essencial! Assim cria um ritmo de leitura e prende o convidado.

Já sabemos que inovar é seu lema! Após o casamento, o Just Married – assessoria de site de casamento, colocou as fotos da celebração no site e com carinho você compartilhou com os convidados. Qual foi a receptividade disso? Os convidados gostaram de ver as fotos do casamento?

Os convidados estavam frenéticos me pedindo as fotos rs! Confesso que dá preguiça separar e mandar pra cada um.. então o site foi muito util! Assim, todos puderam acessar e salvar as fotos que desejavam. Foi bom pra nós, noivos, e pros convidados, todo mundo amou!

O que vai ficar para sempre na memória? Qual foi o momento mais inesquecível?

Nossa, só de pensar, me dá arrepio! Foi tudo surreal… no primeiro dia, tivemos a cerimônia tradicional, onde todos os convidados foram vestidos nas trajes tradicionais e tivemos um moroccan barbecue. Foi sensacional chegar em cima dos camelos, meu marido e eu, e todas as pessoas que mais amamos no mundo estavam lá, lindas e maravilhosas, com uma energia incrível! Passamos a noite com as dançarinas do ventre, muito cordeiro, cuscus e música tradicional!

Na onda da noiva louca perfeccionista, fiz meu proprio cabelo e maquiagem todos os dias rs e, no dia seguinte, que era a cerimônia e a festa efetivamente, enquanto me arrumava com minha irmã e minha prima, começou a chover. Chover muito, MUITO! Sim, estávamos no meio do deserto e não chovia há milénios rs. Fiquei desesperada, porque a festa inteira era ao ar livre e não tinhamos um plano b. Acabei atrasando um pouco e, na hora que pisei pra fora do meu quarto, já imaginando o caos que estaria a festa, fez o por do sol mais lindo da minha vida. O céu estava rosa pink (juro, neon! rs) e os funcionários haviam conseguido, discretamente, secar tudo rs. Quando entrei com meu pai, vi aquele céu, começou a tocar a minha música (era um trio de violino acústico tocando Home), vi todo mundo lá, esperando a gente entrar… estava tudo perfeito. Depois de um ano que me dediquei tanto, sozinha, pra que tudo aquilo acontecesse, foi muito emocionante ver tudo perfeitinho, acontecendo como tinha imaginado e todo mundo tão impressionado e curtindo tanto tudo aquilo… que eu chorei. Nossa, chorei muito entrando rs! Tudo que não tinha chorado no casamento de São Paulo. Esse momento foi inesquecível e fico feliz que tem diversas fotos que conseguiram capturar exatamente o que estava acontecendo e, pra sempre, vou lembrar desses instantes com carinho.

No último dia, após nosso brunch (famoso cura ressaca, rs), foi inesquecível me despedir dos convidados que me abraçavam, com aquele brilho nos olhos, agradecendo pelos 3 dias mais incríveis que eles tinham vivenciado. Aquilo foi a melhor coisa do mundo! Sensação de dever cumprido rs!

Alguma dica do que não teve e gostaria de ter tido? Algo que não deu certo e sua experiência poderia ajudar outras noivas?

Ainda acredito que não precisava de assessora, mas no dia é bom você ter alguém pra coordenar o fluxo das coisas – principalmente se você tem mil venues diferentes, com varias atrações. Ajuda ter alguém no dia, coordenando os convidados e funcionários. Gosto de me envolver, então não me importei de ter que ficar meio que coordenando shows, entregas, etc. no dia… mas acredito que uma ajuda seria sim bem-vinda!

Uma dica que dou é: contrate todos os fornecedores que você conseguir locais! É muito legal você valorizar o que tem no local que você está! Seus convidados vão gostar de ter experiências novas… não levei nada do Brasil, somente o dj que é meu amigo desde a escola e é muito muito muito bom (dj Gui Reif) e a equipe de filmagem (porque já havia contratado eles pro casamento do Brasil). Do contrário, contratei tudo de Marrakesh ou da Europa e me surpreendi positivamente com todos os fornecedores, principalmente o fotógrafo que veio direto de Madrid, onde meus pais moram – pasmem, descobri ele no Instagram e já de cara contratei! É bom usar o Instagram como ferramenta de pesquisa e encontrar fornecedores que sejam exatamente o que procura, ver festas que eles já fizeram, conversar com outras noivas (sim, eu mandava DM na cara dura! rs). O meu bolo, por exemplo, feito em Marrakesh também foi descoberto no Instagram, e só fui prova-lo no dia do casamento. Foi uma surpresa muito positiva e todos elogiaram!

Fornecedores? Quem te ajudou a realizar esse casamento dos sonhos?

Assessoria de casamento: Eu mesmas! Rs

Hotel no Marrakesch: Amanjena – Aman Marrakesh

Doces: Aman e Mounia Sucrier

Vestido: Um episódio a parte rs.. usei 4 vestidos em Marrakesh! No primeiro dia, entrei nos camelos com uma veste tradicional dos casamentos marroquinos, que minha mãe mandou fazer em Casablanca pra mim (sem nem eu provar, rs). Depois, troquei para um vestido Chloé que vi online e me apaixonei! Tive que pre order no Moda Operandi e esperei milénios pra recebê-lo rs. No dia da cerimônia, usei um Carolina Herrera que mandei fazer no ateliê da estilista em NY e depois troquei para um Alexis – que era mais fresquinho, dado que estava bem quente e meu vestido era um pouco quente rs.

Som: Dj Gui Reif – the best!!

Convite: fiz todo layout e produção do convite (trouxe os tassels diretamente do souk de Marrakesh!), e mandei imprimir num fornecedor da minha empresa que faz papelaria especial, a Papel Moeda.

Iluminação: local, by Amanjena

Agência de viagem: organizei tudo rs!

Fotógrafo: People Produciones de Madrid! Indico de olhos fechados!

Vídeo: Vicente Piserni

Decoração: eu mesma rs! Ia com os funcionários no souk e nos fornecedores próximos de marrakesh e comprava tudo… dos leques às luminárias e lamparinas que usamos na decoração. Como sou arquiteta de formação, fiz um projeto cenográfico e eles executaram.

Havaianas: cadô presentes

Guia de viagem personalizado: fiz para cada convidado e o Studio Loom me ajudou com a estampa em aquarela que fizemos na capa de cada um, que foi inspirada nos azulejos do Amanjena – uma tradição marroquina!

 

Espero que enham gostado desse casamento lindo organizado com tanto carinho e dedicação para os convidados desde o site, convite, viagem, grande dia até o último dia da viagem.

Em breve iremos postar a lua de mel, acompanhe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *