Bali por Giu Kaufman

Roteiro:

Nusa Dua – 1 noite

Ubud – 3 noites

Uluwatu – 2 noites

Se não conhece Bali, você tem alguma clareza de como esta ilha indonésia funciona? Para entender Bali antes de ir, achei confuso! Ouvi as sugestões do agente de viagens, li os textos de casais que escolheram este destino para sua lua de mel e gentilmente compartilharam no Just Married suas experiências, entrei nos sites dos hotéis, porém ainda embarquei sem saber o que iria encontrar. Somada a esta neblina de compreensão, acabara de passar dias  apaixonantes em Cingapura (como publiquei em um texto anterior) e imaginei que dificilmente a viagem seguiria tão boa!

Ao contar aqui minha experiência, me esforçarei para clarear o que são os pontos turísticos mais famosos de Bali. E, já adianto, que me surpreendi do começo ao fim, tornando a viagem como uma das mais lindas e exóticas que já fiz!

Roteiro

De Cingapura, peguei um voo direto para Denpasar (Bali) com duração de 2h30. O roteiro escolhido foi, nesta ordem:

Nusa Dua – 1 noite

Ubud – 3 noites

Uluwatu – 2 noites

No caminho de Ubud para Uluwatu, visitei as praias de Seminiak e Kuta.

Realmente o trânsito local é intenso, o que faz necessária a hospedagem em diferentes localizações para conhecê-las.

Nusa Dua

Considerada a praia mais bonita de Bali. De fato bonita, agradável para tomar sol, nadar e relaxar. Porém, são as experiências nos hotéis que tornam o turismo dali interessante. Há diversos hotéis na praia e um certo fluxo de turistas.

O hotel em que me hospedei, St. Regis Nusa Dua, dispunha de villas e quartos altamente confortáveis, jardins perfeitos, espelhos d’água a perder de vista e piscinas bastante convidativas! No centro do hotel, há uma piscina de água salgada de 300 metros de comprimento, rodeada por villas e uma vegetação intensa. Caminhando de um lado para o outro, passei 1h30 dentro da água sem perceber o tempo passar. Foi marcante!

Ubud

Para fugir do trânsito, fiz o trajeto Nusa Dua – Ubud de carro no final do dia. Fui tão preparada com leituras para fazer e seriados para assistir, que mal vi o tempo passar. Ainda que o motorista dispunha de Wi-Fi no carro, me ocupei bem no trajeto.

Cheguei no hotel Mandapa Reserve, um hotel de apenas 2 anos que faz parte da linha Reserve do Ritz-Carlton (apenas 6 no mundo). Difícil descrever a experiência. Um dos hotéis mais bonitos e impressionantes que já estive.

Localizado entre dois morros altos, cobertos de vegetação, a recepção toda aberta está localizada no alto, onde você aprecia a vista deslumbrante do hotel que fica à beira de uma linda e volumosa corredeira de água.

A villa, perfeitamente fiel ao estilo balinês, te abraça com tanto conforto e capricho. O primeiro jantar foi no restaurante mais especial do hotel, Kubu, em que você faz a refeição dentro de “coccons” em frente ao rio. A alta gastronomia dos pratos servidos é surpreendente.

Do check in ao check out, a vivência que o hotel oferece é memorável.

Na corredeira do rio do hotel, ao longo do dia passam botes com pessoas fazendo rafting, divertido de ver.

Um dos passeios que o Mandapa sugere é o Volkswagen Tour, em que você é levado em um carro conversível pelos campos de arroz e pelos templos. Fiz o passeio e foi maravilhoso.

Ubud está localizada em uma região alta de  Bali em que não tem praia. Como toda a ilha, há templos em todas as casas, hotéis e ruas. Seus campos de arroz são conhecidos, inclusive imagem comum em cartões postais. Além das paisagens lindas, Ubud ainda conta com um centro movimentadíssimo com lojas, feirinhas locais, galerias de arte, que valem o passeio.

Confesso que Ubud foi o destino que mais gostei em Bali!

No passeio com o carro antigo e conversível o guia nos levou para conhecer:

  1. Ceking rice terrace
  2. Gunung Kawi Sebatu Temple
  3. Gunung Kawi Temple Tampaksiring
  4. Coffee plantanion

A visitação na plantação de café foi bastante interessante, onde recebi uma rápida aula seguida de almoço com degustação do café Luwak, considerado um dos melhores cafés do mundo que, curiosamente é feito com o grão do café coletado nas fezes do bichinho luwak.

Ainda no mesmo dia, fiz a Champuhan Walk, que também consta no menu de passeios contratáveis do Mandapa. Um guia fez a caminhada junto; iniciamos andando literalmente no meio de campos de arroz e fomos descendo até chegar no centrinho movimentado de Ubud.

Ainda em Ubud, recomendo fortemente um jantar no eleito 49º melhor restaurante da Ásia, chamado Locavore. Com ambiente despretensioso, as pessoas vão jantar de bermuda. Não consegui contar a quantidade de pratos servidos (foram muitos!), muito menos poderei passar a diversidade de sabores que pude sentir ao provar cada  de culinária indonésia.

Seminiak e Kuta

Saindo de Ubud, rumo a Uluwatu, visitei o lindo templo Tanah Lot!

Em seguida, almocei em um restaurante em frente à praia do Hotel W em Seminyak. Foi uma forma agradável de conhecer mais um famoso ponto de Bali, onde ondas fortíssimas e lindas estouram uma seguida da outra te hipnotizando!

Apesar do almoço gostoso, seguido de uma rápida caminhada pela rua de lojinhas, pude ver que não era o local que gostaria de ter me hospedado.

Mesma sensação tive em Kuta, onde apesar de um pôr do sol de sua praia ter me presenteado com um lindo final de tarde, a região é bastante bagunçada, cheia de turista e com menos charme.

Uluwatu

Famosa entre os surfistas por suas boas ondas! Novamente um local contemplado de turistas do mundo inteiro. As paisagens do mar da região são quase sempre vistas no topo de altos penhascos. O visual chega ser alucinante. A inclinação dos penhascos idem, pois são perigosos e íngrimes paredões de pedras ou vegetação!

O turismo local não é muito glamuroso, há bastante gente, o acesso ao mar nos pontos mais procurados (Padang Padang e Uluwatu Beach, também chamada de Suluban Beach) se dá por infindáveis degraus irregulares e sem proteção, que te fazem subir e descer entre bares ou lojas de surf.

Um dos passeios mais famosos da região é a dança ao pôr do sol no Uluwatu Temple. Apesar de abarrotado de gente e a apresentação ser pouco expressiva, o visual faz valer a pena! Foi um dos pontos mais bonitos da região para mim.

Me hospedei no maravilhoso Hotel Bulgari. Novamente uma experiência de cair o queixo e bem diferente das duas primeiras que tinha me hospedado em Bali. O hotel fica em cima de um altíssimo penhasco. Suas instalações; piscinas, spa, restaurantes, academia e etc., são lindas e surpreendentes.

Há no hotel um “cable car” exclusivo para levar os hóspedes até a praia. A descida com a vista daquele mar infinito, com penhascos exorbitantes ao seu lado e ondas de 2,50m lá embaixo, estourando em formato de tubo, faz você achar que chegou no paraíso. Paisagem inesquecível que nem as fotos conseguem narrar a intensidade da beleza e energia local.

Com muito luxo, os funcionários da praia te aguardam com toalhinhas molhadas e copos de água (fazia bastante calor!) e espreguiçadeiras estrategicamente posicionadas – todas garantindo privacidade aos casais – disponíveis te convidam para um dia de praia nada comum!

O hotel Bulgari conta com uma grande capela com vista para o mar ao lado de um lindo espaço para uma festa. Sem dúvida, uma opção sensacional para um destination wedding ou uma celebração de renovação de votos!

Mais sobre minha experiência em Bali…

É verdade o que falam de Bali: lugar exótico, de natureza linda, povo muito gentil e sorridente, diversidade de bons hotéis pela ilha. Porém, também é verdade que o trânsito é complicado, que você caminha tropeçando em oferendas e que infelizmente há uma pobreza visível na população.

Simplesmente alugar uma scooter e sair guiando pela ilha, em busca de acomodações baratinhas, pode ser uma aventura pitoresca, porém deve-se levar em conta o risco da viagem ser menos agradável do que contam os textos mais românticos…

Na minha opinião, Bali requer preparação; reservas de transfers, boas escolhas de hotéis e estudo prévio da cultura! Especialmente se a ocasião da viagem seja a sua sonhada lua de mel!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *