Paula Raimo e Vitor Bonaldi

Roteiro:

Ilha Mauritius

Cape Town, África do Sul

Franschhoek, África do Sul

Sabi Sabi, África do Sul

A lua de mel que hoje compartilhamos com vocês é sensacional, tanto pelo destino quanto pelos noivos! A Paula Raimo, diretora do grupo Casar, junto ao seu marido optaram por explorar a África do Sul e conta os melhores momentos de sua viagem.

Destino: Ilhas Maurício e África do Sul

Vocês já viajaram o mundo! Por que decidiram por este roteiro?

Queríamos algo exótico, mas que não fosse muito longe por conta de não termos muito tempo de lua de mel. Além disso, queríamos um roteiro que tivesse diversidade. Aí, a Be Happy Viagens, nossa agência, “pegou nosso espírito” e acertou em cheio, sugerindo a África do Sul, onde conseguimos fazer praias/descanso total, safari, cidade, campo e vinícolas.

Qual foi o ponto mais incrível da viagem?

Difícil, pois todos os destinos tiverem seu charme, mas vale pontuar alguns:

– Mar turquesa de Mauritius

– Ver os big five no safári

– Por do sol na Table Mountain

Alguma dica ou passeio imperdível?  

Acho que diferente do que se pode achar em internet ou em dicas comuns, tem duas que fui aconselhada e passaria para frente e uma que, dado uma experiência ocorrida em uma viagem ao Chile, acertamos desta vez na África.

O próprio Just Married me aconselhou a tentar, se conseguisse no meu budget, a fazer um passeio exclusivo de barco em Mauritius, ao invés do catamarã em grupo. Isso foi vida, pois nossa vibe mais romântica, casal, vinho foi mais respeitada no passeio individual. Também fomos em lugares que os demais não conseguem ir por estar em grupo e podíamos escolher o tempo que ficávamos em cada lugar, ou ir ou não ir e etc. Dessa forma optamos por fazer um passeio, mas que este fosse um top.

Uma amiga me falou que, chegando em Cape Town, era para olhar para montanha, se estivesse sem nuvens, era para  aproveitar para ir. Melhor enquanto o céu está limpo, já que a vista é mais bonita. E acrescentaria para irem no por do sol. O último teleférico sai às 18 horas para a montanha e o de volta às 19 horas. Fomos umas 17 horas, pedimos uma garrafa de vinho e uns queijinhos e ficamos aproveitando aquele cenário de quadro mágico até o último teleférico, foi incrível.

A experiência do Chile, quando viajamos numa outra oportunidade, conhecemos uma vinícola que era um hotel boutique e nos arrependemos muito em não ter passado uma noite ali. Em Cape Town, para ficarmos mais independentes e conhecer a cidade, alugamos um carro. A mão é inglesa, meio punk, mas sobrevivemos. E dormimos uma noite em uma vinícola maravilhosa, tudo do quarto era cortesia, banheira, atendimento, visual tudo incrível.. Valeu muito a pena. Chama Mont Rochell.

Experimentou alguma comida típica diferente?

O Curry que misturam com coco ou com tomate é delicioso. A comida é spicy, mas também tem diversidade de carnes e frutos do mar. Experimentei de tudo!!! Estou fã de pimenta, rs.

Vocês aprenderam algo interessante sobre a cultura local?

Mauritius: são felizes, um povo carismático, parecido com Brasil.

Safári: A preocupação com a natureza vai além do que a preocupação com um ser humano. A mensagem que mais marcou é como a natureza equilibra e pode parecer injusta com algum animal, mas isso faz parte do ciclo, uma forma da mesma igualar as condições nesse ambiente. E a tentativa de ajuda do ser humano pode prejudicar mais do que ajudar a lei natural.

Cape Town: Cidade jovem de muita miscigenação, pessoas que gostam de arte e de comida boa.

Os dias de viagem foram suficientes?

Sempre achamos que não são suficientes, pois é difícil voltar para realidade, rs. Acredito que mais 3 dias iria ficar menos cansativa a volta e aproveitaria mais um dia de praia. De qualquer forma, a Be Happy brilhou nas soluções de nosso curto tempo – 13 dias. Principalmente, quando insistimos que queríamos a praia como último destino e nos aconselhou muito em ser o primeiro. Essencial para descansar depois da maratona do grande dia.

O tempo estava bom para esta época?

Sim, não estava tão quente, nem frio. A única coisa é que tem mais risco de chuva, tivemos dias ótimos, graças a Deus!

Mudaria alguma coisa no roteiro ou viagem?

Não, somente como disse, acrescentaria mais um dia para que a volta ficasse mais tranquila do que dois voos seguidos e um dia a mais na praia se eu conseguisse, pois é maravilhosa!!!

Foi tudo aquilo que vocês sonharam?   

Na verdade foi mais!!!

O que vai ficar na memória para sempre?

Acho que o equilíbrio e união como casal em uma viagem de lua de mel, o tempero/pozinho mágico que a África tem e o por do sol em todos os lugares que fomos, que é de arrepiar.

 

Favorite Check list

Destino favorito?

Ai todos, um é praia, outro é safari e outro vinícola, não dá para comparar. Mas o safari é uma experiência única.

Best hotel?

Shianti – Ilhas Mauritius (a massagem é surreal, melhor massagem da minha vida!)

Sabi Sabi – Safari

Mont Rochelle – Vinícola

Best restaurant?

Harbours House – no Water Front de cape town

Melhor passeio?

Barco exclusivo em Mauritius e o primeiro Safári

Alguma “tip justmarried”?

Sim, a do barco exclusivo 🙂 E independentemente de onde for, tente desligar. Desapegar de celular e aproveitar. Não peguei 3G ou chip, fiquei só com Wi-Fi de hotéis e isso fez com que meu celular estivesse inativo a maioria do tempo, foi muito bom!

Outros:

Qual a agência de viagem? Recomendam?

Be Happy Viagens. Recomendamos como ar que respiramos. Atendimento e assessoria durante todo o pré, durante e pós. Carinho de todos os envolvidos a todo momento, nos relembrando de nosso casamento e nossa união.

Esperamos que tenham curtido essa viagem lindíssima! Para mais dicas de viagem acesse www.justmarried.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *