Viagem por Las Vegas, Los Angeles e Lake Tahoe

Roteiro:

Como alguns de vocês puderam acompanhar pelas nossas redes sociais, acabo de voltar da Califórnia. Diferente do que todos me perguntaram, não foi dessa vez que fiz a costa de carro, foi uma viagem mais enxuta mas valeu muito a pena. Ao todo foram 12 dias de viagem divididas entre: Los Angeles, Las Vegas e Lake Tahoe.

A minha primeira parada foi em Las Vegas, onde me hospedei no hotel Wynn que sem dúvidas é um dos mais bacanas da cidade. Las Vegas oferece milhares de hotéis, todos com perfis muito parecidos, mas as pequenas sutilezas mudam o clima. O Wynn eu achei o menos turístico de todos que fui visitar. Alguns hotéis são extremamente tradicionais e, consequentemente, maior o número de turistas visitando como o Cesar Park, Belaggio, Venetian e o Paris.

IMG_0175

A cidade oferece muitas opções de restaurantes, abaixo a lista dos quais tive a oportunidade de visitar:

Gordon Ramsay BURGR

Jean Georges Steakhouse

Allegro

Las Vegas é muito bom para compras. A diversidade de lojas e shoppings é grande, de marcas renomadas a fast fashion.

Acreditem se quiser, não joguei uma moedinha no casino…

Foi minha primeira vez na cidade e confesso que não foi a coisa que mais me encheu os olhos. Sem a menor dúvida, é impressionante o tamanho de cada hotel, os shows, a imensidão dos empreendimentos e a quantidade e variedade de lojas por metro quadrado.

Voltando para Los Angeles, alugamos um carro e fomos desbravar a cidade. Tiramos alguns dias para fazer os passeios turísticos, como a calçada da fama em Hollywood, conhecer o Pier de Santa Monica, Venice Beach e etc. Acredito que, para quem vai a primeira vez deva ir conhecer para tirar do checklist, porém com certeza a cidade oferece inúmeros outros passeios mais bacanas.

IMG_0277 IMG_0754 IMG_0509 IMG_0338

Rodamos bastante, Venice e Beverly Hills de longe foram meus lugares favoritos. Venice lembra o Soho em NYC; muitas lojinhas, restaurantes menores, pessoas mais boho – pode-se falar que é um lugar mais low profile, mas não menos glamuroso, bem interessante. Beverly Hills já tem restaurantes e lojas mais sofisticadas, definitivamente é um lugar para ver e ser visto.

Restaurantes que fui que vale a pena a dica:

Boa

Rosti

Matsuhisa

Umami

Farmers Market

Cecconi’s

Por fim, tirei uma semaninha para esquiar. Foi também minha primeira vez em Lake Tahoe e demorei um tempinho para entender como que funciona. Todas as cidades que ficam em torno do lago Tahoe são popularmente denominada de “Lake Tahoe” mas ao redor do lago existem várias cidades e várias estações de esqui. Eu fiquei em South Lake Tahoe e esquiei em Heavenly.

Apesar de ter pego quatro dias de muita nevasca, deu para aproveitar e esquiar bastante. Como expliquei nas redes sociais, a montanha de Heavenly é separada em três partes: lado da California, lado de Nevada e o top of gondola que seria o meio, ou stateline como eles também chamam. O acesso mais fácil é através da gôndola, mas também existe transporte fornecido pela cidade para você chegar até a base tanto de Nevada como da Califórnia. Como o tempo estava feio, eu infelizmente não consegui esquiar todos os dias via gôndola, tive que fazer todo o trâmite de pegar o ônibus para a base. A estrutura de lifts é impecável,. Diferentemente de outras estações em que já esquiei, achei baixa a quantidade de restaurantes na montanha, em compensação todos de muito boa qualidade. O melhor hotel para se hospedar na região é o Mariott, que fica na base na gôndola. Não há hotéis ou casas que sejam ski in/ski out.

IMG_0681 IMG_0709

Por Heavenly ser pequena, as opções para comer são pouquíssimas, fui em dois restaurantes que vale dividir com vocês:

Edgewood Restaurant – esse restaurante fica dentro de um hotel que vai inaugurar em junho 2017. Me parece ser simplesmente maravilhoso o hotel, com os quartos voltados para o campo de golfe e um spa deslumbrante.

Scusa Italian Restaurant

Espero ter conseguido passar um pouco da minha viagem incrível para vocês. Para mais dicas  de viagens, acesse www.justmarried.com.br.

Manuela B. Ferreira Carrijo

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *